24 de junho de 2015

Fotomontagens-01

Está na cara que o que eu tenho em comum com essas super gatas é A CORRIDA.

Tá certo que eu queria muito ter o corpictho deuso da Dani, a fama da Grazi, e o pace da Cynthia, mas já me sinto BFF em compartilhar com elas a mesma paixão pelas pistas.

Tá, mas antes de contar como nasceu meu amor pela corrida… quem sou eu na fila do suco Detox?

11081532_10204786237150522_637396123_n

Meu nome é Célia Alves e tenho um perfil no Instagram chamado @tenisesainha. A partir de hoje, serei colaboradora da Thay aqui no Blog Viva Moda afinal de contas, ficar em dia com o corpo e com a saúde nunca sai de moda, né?

– Ahhh, Célia, então você é educadora física? Personal? Atleta profissional? Nããããão… sou publicitária, trabalho como diretora de criação em uma agência de publicidade, também sou professora universitária do curso de Publicidade e Propaganda, e na horas vagas sou mãe, amiga, filha, irmã, “namorida” e atleta mega amadora.

Na verdade sou uma curiosa dos assuntos relacionados a uma vida mais saudável, e tudo que faço tem sempre uma pesquisa ou uma conversa com algum profissional da área, pra não sair por aí fazendo coisa errada com meu corpo. A ideia de ter um espaço aqui no blog é contar um pouquinho das minhas experiências nos esportes, dar dicas de exercícios, alimentação e bem-estar, e é claro, aprender também, por isso todos os comentários são super bem-vindos.

Assim como muitas de vocês, eu nunca me imaginei correndo. Sério! Há cinco anos eu era totalmente sedentária, não frequentava academia nem praticava nenhum esporte, até que minha cunhada me convidou para participar de uma corrida, e eu fui!

Fotomontagens-03

Corri sem treinar, quase morri sem fôlego, mas depois de muitos convites e insistência dela, passei a treinar com alguma frequência. De lá pra cá, fui picada pelo bichinho da corrida, e os treinos esporádicos passaram a fazer parte do meu dia a dia e do meu estilo de vida. Daí veio a ideia de montar um perfil no IG para acompanhar, incentivar, estimular e compartilhar fotos, informações e dicas para um estilo de vida mais saudável.

Sem título

No começo foi assim, calcei um tênis velho, escolhi uma “malha” e fui para a rua. Aliás, a corrida é um dos esportes mais democráticos que existe: independente do horário ou do lugar que você estiver, é possível correr, basta ter vontade!

Mas essa inexperiência do começo me rendeu dores indesejadas e alguns meses de “castigo” fora das pistas. Mas com os erros vieram também muitos aprendizados, e a vontade de continuar correndo me fez pesquisar sobre o assunto, buscar informações com profissionais, e evitar algumas armadilhas do mundo da corrida. Hoje corro com uma Assessoria Esportiva que me orienta, monta meus treinos e planilhas. Mas é possível sim correr sozinha, basta ter força de vontade e deixar que seus pés te levem.

Imagem3

Quer começar e não sabe por onde? Vem comigo que algumas dicas para iniciantes fazem toda diferença:

  • Procure um tênis que seja adequado à sua pisada: (Pisada? Oi?) Então, existem pés com pisada neutra (equilibrada), pisada pronada (voltada para dentro) e pisada supinada (voltada para fora). As grandes lojas de esporte fazem o teste de pisada e sabem orientar o tênis ideal para cada tipo. Não escolha só pela cor da moda: experimente, ande na loja e pergunte para o vendedor.

5

  • Faça exames de rotina pra saber se sua saúde está ok: a corrida exige muito fôlego, então coração e pulmão precisam estar bem. Inclua um check-up na sua listinha de prioridades e corra sem problemas.
  • Comece correndo duas vezes por semana, e vá aumentando o volume e a quantidade gradativamente: você não vai conseguir correr uma hora sem parar, e nem precisa disso! Intercale cinco minutos de corrida com cinco minutos de caminhada até ganhar resistência física. Em pouco tempo você estará correndo 10, 20, 30 minutos… a evolução acontece de acordo com o seu esforço.
  • Saco vazio não pára em pé: estar bem alimentada antes de praticar um exercício físico é fundamental. Correr exige energia, então você precisa comer um carboidrato pelo menos meia hora antes de sair por aí. Mas não exagere, ok?

9

  • Não force as articulações: se você está acima do peso, não sobrecarregue músculos e ossos, isso pode causar uma lesão grave nos joelhos, calcanhar e pés. O volume deve ser pequeno para que seu corpo se acostume com a atividade.
  • Esteira ou rua? Na dúvida, faça o teste! Eu particularmente nunca gostei de esteira, prefiro correr ao ar livre, mas isso é muito pessoal, o que importa é mexer o corpitcho.

7

  • Faça uma playlist de “levantar defunto”: ouvir música durante a corrida é ótimo, pois estimula o movimento e distrai. Selecione suas músicas preferidas e aperte o play!
  • Acorde com as galinhas! Não consegue encaixar a corrida na sua rotina? Vá de manhã, antes dos compromissos. Correr cedo ajuda a despertar e dá ânimo para o seu dia. Se você é quase uma “Bela Adormecida”, fica a dica: coloque o despertador longe da cama, assim você precisa levantar para desligar e acaba despertando para correr.
  • Tenha uma companhia: Leve o namorado, o marido, a mãe, a melhor amiga, o filho e até seu cachorro. Ter alguém para acompanhar suas passadas é muito prazeroso.

11018631_800392836708239_4061418298397943421_n

  • Estabeleça metas e objetivos: Comece com 3 km, depois 5 km, e na sequência 10 km… a partir daí o céu é o limite! (nem tanto kkk). A cada objetivo alcançado, permita-se um presente como recompensa: um tênis novo, um relógio de corrida, uma sainha mega estilosa. Quando estiver segura: inscreva-se para uma corrida de rua e divirta-se!

1469982_763559943660767_100427533_n