19 de fevereiro de 2013

O estilo Boho Chic é uma tendência que vem crescendo e ganhou destaque especial após o desfile de Primavera 2013 da Saint Laurent.

Apareceu em muitas das mais importantes revistas de moda, como Vogue e Elle deste mês.

A expressão Boho vem de Bourgeois Bohemian e Bohemian of Soho.

Bourgeois Bohemian foi um movimento ocorrido em meados da década de 20, na França, onde um grupo de intelectuais e artistas acreditava que a moda e a arte se entrelaçavam, uma fazia parte da outra.

Os looks eram compostos por calças largas, do tipo pijama, e muitas amarações de lenços.

Também chamavam de Bohemian os andarilhos e refugiados, vindos da Europa Central. Os gipsy, que significa nômades, cigânos.

O Bohemian of Soho surgiu no bairro do Soho, na “swinging London” em meados das décadas de 60 e 70, onde o movimento hippie retoma os interesses pela cultura oriental.

As vitrines do famoso bairro londrino exibiam peças fluídas, de seda, misturando elementos de brechó às novas peças que expressavam o sentimento de liberdade dos jovens da época.

Em 2003 Sienna Miller e Kate Moss trouxeram novamente esta pegada que mistura o boêmio, cowntry, hippie, folk, étnico, e que chamamos de Boho Chic.

Muitas franjas, tons terrosos, anéis de prata, pulseiras, penas, botas cowntry, exarpes, saias longas ou jeans skinny, e o famoso chapéu “floppy hat” (usado por Cléo Pires na novela Salve Jorge), são os muitos dos elementos que compõem este estilo.

Uma união de culturas e estilos, que se resume em um figurino livre, de quem já viajou bastante e leva consigo um pedacinho de cada lugar. E com uma pitada daquela peça que você achou no fundo do baú da sua avó, fica mais Boho ainda!

Nada de regras, a ordem é liberdade!