10 de março de 2014

Gente, alguém viu uma blogueira perdida por ai? Achou!!! Demorei, mas voltei, meninas! Tudo bem por aqui? Como foram de carnaval? Cantaram muito “lepo lepo”? Ahhahha!

Andei sumida, descanso merecido, mas agora o Viva Moda está de volta, à todo vapor! Teremos layout novo, super interativo, novos colaboradores com assuntos dos mais variados, e novas propostas que deixarão no blog ainda mais interessante e divertido. Tudo está sendo feito pensando em vocês, por isto, digam pra mim o que vocês gostariam de ver mais aqui no Viva Moda, looks, beleza, festas, viagens, qualquer coisa, podem pedir!

Bom, pra quem não sabe, eu e mais 6 amigas fomos enfrentar o Carnaval do Rio de Janeiro pela primeira vez. Eu digo enfrentar porque a cidade recebe milhões de pessoas, são filas intermináveis, engarrafamentos, tudo que fizermos requer paciência e precisamos estar cientes de que se queremos tranquilidade é melhor não ir, mas se queremos diversão, folia e gente bonita, ahhh o Carnaval carioca é o melhor lugar!!!

Quando eu falo sobre Carnaval do Rio vocês logo pensam em desfile de escolas de samba, certo? No meu caso, não cheguei nem perto! É que a festa tem dois lados: um na Sapucaí, o outro nas ruas! E foi no meio delas que passamos nossos dias pulando, brincando, de pé no chão e muito à vontade nos bloquinhos de rua que contagiam a cidade com suas marchinhas de Carnaval! Bem do jeito que o carioca gosta.

Antes da viagem pensei numa fantasia para as amigas, e, como decidi viajar de última hora, só deu tempo mesmo para mandar fazer um body com estampa de onça e flores super colorido, ficou lindo!

E a estréia do uniforme foi no sábado no bloco Escangalha que começou as 10h da manhã no Baixo Gávea. Eu estava super ansiosa por este momento! Pessoas de todos os lugares com fantasias das mais criativas esperavam pela saída do bloco, enquanto os moradores do bairro assistiam tudo de suas varandas atirando confetes e serpentinas.

Tudo pronto, e o bloco começa a cantar aquele famoso samba de Beth Carvalho… ” Chora, não vou ligar, eu não vou ligar, chegou a hora, vais me pagar, pode chorar, pode chorar”! Estou arrepiada só de contar pra vocês! Uma experiência indescritível! Dava pra ver a alegria contagiante no rosto de cada folião, todos na mesma energia positiva do Carnaval!

Gente linda, né?! Muitas inspirações para o ano que vem.

Saindo do Escangalha fomos correndo para a festa do bloco parado Santa Clara, que rolou no Palaphitas do Jockey Club, também no Baixo Gávea. Muita gente bonita, astral de luau na beira da praia, nem o cansaço foi capaz de nos desanimar!

Depois de um dia inteirinho na festança, o dia seguinte pede praia e descanso. Confesso que levamos alguns dias para nos recuperar do cansaço. Os blocos saem sempre muito cedo, então é preciso escolher o dia ou a noite para se divertir. A barraca da Wanda, no Posto 12, foi o nosso destino, pé na areia e sol de leve pra garantir o bronze!

No final do dia fomos a um bar no Leblon chamado Belmonte, o novo point da galera bonita do Rio de Janeiro. Um pós-praia imperdível, meninas! Chopp geladinho, petiscos da hora, tudo delicioso. Mas tem que chegar cedo porque bomba, às 17:00 horas já não tem mais mesas, mas vale a pena esperar. Nós gostamos tanto do bar que fomos duas vezes no mesmo dia, rss.

Outro happy hour bacana é o Veloso, que tem a melhor lula à dorê das redondezas. Tamabém recomendo o Bar do Lado e o Bar da Praia, ambos no térreo dos Hoteis Marina All Suites, todos no Leblon. E teve também almocinho delícia no Zazá Bistrô, em Ipanema, inclusive eu já falei sobre ele aqui no blog, no último post sobre o Rio, e lá fui eu novamente, simplesmente não consigo resistir, o Zazá é parada obrigatória!

No outro dia fomos conhecer praias mais distantes, um tour bem relax pra recuperar as energias. Atravessamos toda a Barra da Tijuca até a chegarmos à Prainha, um lugar lindíssimo, com mata preservada, uma paisagem bem diferente da cidade grande, ótimo programa pra quem aprecia a natureza.

E o carnaval foi assim, teve de tudo um pouco. Curtimos, dançamos, jacamos, bronzeamos, compramos e renovamos as energias para o ano que só começa agora, to errada?

Recomendo o Carnaval do Rio de Janeiro sim, pra casadas ou solteiras, novinhas ou experientes, carimbo que uma boa brasileira deve ter no passaporte da vida. Momento de deixar as preocupações de lado e simplesmente sambar!

Segurança? Me senti super segura, tomando todos os cuidados, claro! E a sujeira? É, ela estava lá, com os garis em greve, mas nem isto foi capaz de apagar a alegria das ruas, que logo ficaram limpas e lindas novamente. Este é o nosso Brasil!

No próximo ano estarei lá, e vocês? Vamos?!

Imagens: Viva Moda/ Reprodução.