9 de julho de 2013

Uma das coisas que me encantou nas mulheres peruanas foi a capacidade delas em fazer qualquer coisa grudadinhas com seus filhos pequenos. Tudo graças às coloridas e bem tecidas mantas peruanas, com as quais as mães amarram os filhos em suas costas.

Assim elas andam, cozinham, vendem artesanato, abordam turistas, viajam, trabalham no campo. Perdi as contas de quantas cenas diferentes eu vi com essa mesma composição: mãe+manta+filho. Tudo sempre em um colorido contagiante, comum nas vestimentas típicas, feitas em algodão e lã de alpaca.

Além dos pequeños peruaninhos, também vi muitas mulheres utilizando a manta para carregar milho, batata, lenha, roupas para lavar, cestos cheios de capim para animais ou outros alimentos.

Por onde passamos, aliás, vimos muitas mulheres trabalhando, pegando no pesado mesmo. Não sei o motivo, mas vimos muito mais trabalhadoras – principalmente no campo – que trabalhadores. Será que eles ficam em casa lavando a louça? Rs. Porque as crianças já sabemos onde ficam…

Fotos: Thalita Araújo