#A verdade sobre a sola vermelha

3 outubro 2013

Hoje resolvi contar uma boa história por aqui, daquelas que muita gente quer saber, e que muita gente também já sabe, mas que contribui, e muito, para o nosso repertório intelectual de moda #faleibonito!

Você sabe quem criou a tão famosa e desejada sola vermelha?

Uma coisa é unanimidade: Todo mundo conhece a fama dos saltos enormes de Christian Louboutin, certo?

Então já vamos esclarecendo aqui que Louboutin copiou a sola vermelha, que na verdade era exclusividade da corte de Luís XIV, antecessor de Luís XV, rei da França no Séc. XVII.

A história era mais ou menos assim: Luís XIV era baixinho, não passava de 1,60m, e mandava fazer seus sapatos com pequenos saltos para demonstrar poder e superioridade #conheçoalguémassim. O rei adorava o luxo, a riqueza e esbanjava suas posses em festas, roupas, jóias e sapatos de salto. Somente ELE podia usar estes sapatos, nem mesmo as mulheres podiam usar.

Foi nesta época que o conceito das coleções foi concebido. Isto porque somente a realeza podia usar os trajes luxuosos que carregavam símbolos de poder, como a sola vermelha. Na verdade tudo que tinha a cor vermelha era muito caro, pois a tinta vermelha era obtida através de um inseto que vinha lááá do México! Porém, os burgueses começavam a enriquecer, e queriam estar cada vez mais próximos da nobreza, copiando seus trajes indiscriminadamente, mesmo que para isto tivessem que pagar altas multas e indulgências. Os reis, por sua vez, incumbiam os alfaiates a produzirem novas coleções afim de que fossem criadas novos símbolos de diferenciação entre a burguesia e a nobreza. E assim, de uma forma menos escancarada, vem acontecendo até hoje. Chanel cria, Zara copia, e por aí vai. A moda é elemento de diferenciação, de poder, e toda vez que algo se torna popular, sai de moda.

O fato é que, anos atrás, Louboutin processou a marca Yvés Saint Laurent por “copiar” a sola vermelha que seria de exclusividade do sapateiro. Ahn? Tá bom! A defesa da YSL provou por A+B que quem tinha que estar #chatiado nesta história seria Luis XIV, e não Christian Louboutin. Que confusão!

Outro pequeno “engano” é de que o famoso salto Luís XV, seja atribuído aos saltos de 15cm. Nem um, nem outro! Pra começar, foi Luís XV quem levou a fama, porém o salto não é dele, mas do seu antecessor Luís XIV. E pra acabar com os boatos de vez o salto que remete ao rei Luís XIV é aquele largo na ponta e na base e afinado no meio, cujo nome foi dado de “salto Luís XV“. Mais confusão!

Em tempos de nada se cria, tudo se copia.

Copiou?

Imagens: Reprodução.

@Thaylise_ferreira

This error message is only visible to WordPress admins

Error: API requests are being delayed for this account. New posts will not be retrieved.

There may be an issue with the Instagram Access Token that you are using. Your server might also be unable to connect to Instagram at this time.

Error: No posts found.

Make sure this account has posts available on instagram.com.

Error: admin-ajax.php test was not successful. Some features may not be available.

Please visit this page to troubleshoot.